Follow by Email

quinta-feira, fevereiro 26

Noite em claro

Pela manhã, partiu
Não quis café
nem cafuné
Deixou a cama vazia
O meu coração cheio
de saudade.

4 comentários:

Fernanda Sousa disse...

são essas saudades bem vindas,ainda que as vezes dolorosas, que realmente agregam coisas em nossas vidas? coisas como um verso ou um poema...lindo demais. adorei.

e como diria o poeta: "pra se fazer um samba é preciso um bocado de tristeza, se não, não se faz um samba não"

bjo.
[aguardo o mais de Guará!]

Fernanda Sousa disse...

ahhhh o ponto de interrogação foi de metido!
:p

Ale (mestressan) disse...

Há um poeta cada vez mais intenso dentro de você. :o) (Frase poética sob um ponto de vista artístico porém muito gay sob o olhar cearense) - Brincadeiras a parte...que bom que a saudade nos faz escrever coisas bonitas!

kate disse...

Não me canso de ler esse post-poesia...

Embora triste... ainda assim, belo.

beijos em seu coração