Follow by Email

sexta-feira, dezembro 26

Estatísticas se repetem mais uma vez

Como havia antecipado no post anterior. Mais uma vez a violência bateu recordes na noite de natal. O Instituto José Frota, principal hospital de atendimento de emergência registrou uma elevação no número de casos, em relação ao ano passado, de 12,4%. O trânsito liderou as estatísticas com 145 casos. Acharia pitorescas, se não fossem trágicas, 51 quedas da própria altura. Provavelmente a grande maioria de bebuns que não se agüentaram em pé, após tantas bebemorações.

Segue matéria de O Povo.

Oitocentos e trinta e dois atendimentos foram realizados no Instituto Dr. José Frota (IJF) no feriado de Natal neste ano, entre terça-feira, 23, e sexta-feira, 26. O número representa um aumento de 12,4% se comparado com o mesmo período em 2008, quando foram realizados 740 atendimentos.

De acordo com o balanço do IJF, o maior número de atendimento foi gerado pela violência no trânsito, 145 casos, sendo 69 acidentados de motos, 29 atropelamentos, 35 abalroamentos, duas vítimas de capotamento e 10 por queda de bicicleta.

O IJF recebeu, ainda, 34 atendimentos por agressões físicas, 26 feridos por arma branca e 19 por arma de fogo, 51 vítimas de queda da própria altura, 33 de queimaduras e 10 vítimas de picadas de animais peçonhentos, quatro pacientes envolvidos em acidentes na prática de esportes ou ambiente esportivo, além de 17 vítimas de acidentes de trabalho.

Um comentário:

Dobradiço disse...

51 vítimas de queda da própria altura - minha nossa!!! nunca tinha reparado na expressão. e sabemos que quanto maior a altura ...