Follow by Email

quarta-feira, junho 6

Infinito




Escrever é uma forma de vingar-se

do tempo

que há de apagar todos deste plano.

Tentar eternizar pensamentos

outrora tão caros,

Hoje tão vãos.

2 comentários:

Fátima Abreu disse...

Estas letras são fundamentalmente profundas. Cara, que poeta show que vc é. Hoje li todos os textos que ainda não havia lido. Fundamentais, bem no estilo Júlio. Quero dizer: show.

Brenda Cortez disse...

e enquanto isso vamos eternizando recados ao amigo tão massa que voce é! ;) abraços!