Follow by Email

quarta-feira, junho 17

Downloandig Nancy e as tripas também


Para usar uma palavra que está na moda, Downloanding Nancy é impactante. Daqueles filmes que procuram lhe embrulhar o estômago. Uma mulher, com problemas psicológicos resolve desistir da vida e através de um relacionamento sado-masô (também em voga nos mídia televisão, literatura e cinema) busca o seu intento. O filme é um claro retrato do distanciamento existente entre as pessoas mesmo que fisicamente lado a lado por cinco, 10 ou quinze anos. Do quão pouco se conhece dos seres que participam do seu convívio.

A protagonista, vítima de abusos sexuais quando criança, não consegue se sentir amada ou minimamente querida por ninguém. O marido, quem deveria lhe proporcionar algum conforto afetivo é um empresário distante, totalmente despreocupado com a sua companheira até nos detalhes mais básicos. Para Nancy, não há saída, a não ser abandonar a própria vida. Nem a psiquiatra que lhe atendia demonstrou-se minimamente habilidosa para injetar algum ânimo. E ela acha quem lhe faça esse favor através da Internet. Estranho favor.


Downloading assume dois significados ao longo da história. O principal deles é que o marido passa a descobrir quem verdadeiramente sua mulher quando acessa uma série de e-mails que ela havia trocado com os seus relacionamentos virtuais e se perceber totalmente alheio da vida conjugal. A história não é sobre pessoas normais, mas é baseada em fatos reais. Pelo menos é o que indicam os créditos no final. Recomendo. Principalmente pela construção heterodoxa da dramaturgia, que nos dá a impressão de estarmos assistindo três filmes ao mesmo tempo. Um do casamento, outro da relação doentia construída a partir da Internet e um terceiro, sobre a relação de Nancy com a sua médica.

Downloading Nancy ganhou o festival de Sundance em 2008 e é dirigido pelo sueco John Renck.

2 comentários:

Fernanda Sousa disse...

fiquei com vontade de ver! depois vc me empresta?
=D

e a propósito...pq os anonimos me odeiam? eu nunca consigo ter um anonimo legal no meu blog!
e eu nao dei um fora nele...acho...kkkk

beijo, saudade!

Clararipe disse...

Legal querido!

Fiquei também com vontade de ver depois deste seu post- palavra super em voga em blogs.hehehe

Sei que passo puco por aqui, mas to aki!!!

Como vc tá?

Bj