Follow by Email

quinta-feira, julho 7

Eu, Minha (Quase) Namorada e o Guru Dela


Procurei alguma coisa escrita sobre o livro que acabei de ler "Eu, Minha (Quase) Namorada e o Guru Dela. Na googlada que dei, não achei mais que curtas sinopses de sites de livrarias. Meio decepcionante. Se eu corresse atrás de algo sobre um filme tenho certeza que os resultados seriam bem mais amplos. Só para confirmar o quanto a nossa cultura está quase que abominando a literatura. Nada fica falado, divulgado, conhecido em massa sem antes passar por uma tela de cinema.

Dificuldades à parte, gostei da leitura. Não é tão engraçado quanto um comentário atribuído ao 'The Times" , aposto na capa, diz que é, mas é divertido. A história contada em primeira pessoa pelo autor William Sutcliffe lembra o estilo de J. D. Salinger, autor de O Apanhador No Campo de Centeio, misturado com Charles Bukowski, em Misto Quente. Dave concluiu os seus estudos na escola secundária e está prestes a ingressar na faculdade, quando resolve fazer uma viagem de 3 meses a Índia, na companhia da namorada de um amigo.

Suticliffe passa um visão do país visitado pelo protagonista mais pragmática. Não aquela Índia mística, com um guru em casa esquina, mas um país de terceiro mundo, onde a maior parte da população vive em meio a pobreza, lutando contra as condições adversas pela sobrevivência. E importunar turistas em busca de um trocado faz parte dessa rotina.

A Índia dos Ashrams é mostrada como um artigo de consumo para turistas. Onde por alguns punhados de rúpias é possível se internar em um por alguns dias ou semanas, em busca da transcendência, o nirvana, ou similares. O choque cultural entre o jovem inglês e o ambiente asiático conduz boa parte da trama. O livro é interessante, prende a atenção e diverte. Mas é leitura rápida. São só 300 páginas, em letras graúdas, o que faz o preço do exemplar, mais de R$ 40,00, parecer ainda mais caro. Melhor mesmo baixar na net e ler em algum tablet. Fiquei com vontade de ler outros livros do autor, "Má Influência" e "Que Te Faça Feliz".

Nenhum comentário: