Follow by Email

sábado, março 8

Dia de mulher é todo dia



Sempre fui contrário a esta data. Fica parecendo que as mulheres são tão inferiores que em apenas um dia do ano devemos nos lembrar que elas existem. Mas não é bem assim. A comemoração surgiu de uma luta de mulheres por melhores condições de trabalho. É este o centro da questão. Todos nós devemos ser respeitados pelo que somos, e não meter questões de mercado no meio.

Saber que mulheres são maltratadas, desrespeitadas, espancadas por quem deveria dedicar carinho e atenção não agride somente as mulheres, mas todos aqueles que têm dentro de si um sentimento de justiça e fraternidade. Dói em mim saber que qualquer mulher foi alvo de violência, da mesma forma que gostaria de ver eliminada todos os mal tratos impostos a quaisquer cidadãos. E quanto mais frágil é o alvo da violência, mais profunda a minha indignação.

Também acho ridículo a proliferação de delegacias da mulher. A justificativa para a criação dessas especializadas é o tratamento impróprio de delegados, escrivões e agentes policiais com as mulheres vítimas de violência doméstica, fazendo das agredidas a razão motivadora da agressão. Não seria o caso de exonerar todos esses maus policiais? Se essas pessoas não dão o tratamento adequado a qualquer denúncia é porque são ineptos para atuar na defesa social, não acham? A cada delegacia da mulher que surge é a certeza de que a segurança pública continua em péssimas mãos.